Arquivo da categoria: Cromatografia em Camada Delgada

Métodos para detecção – Cromatografia em Camada Delgada

Existem três tipos de métodos de detecção aplicáveis a Cromatografia em Camada Delgada (JORK, FUNK, et al., 1990): a)    Métodos Físicos: São técnicas não-destrutivas. Incluem absorção fotométrica, inibição de fluorescência ou fosforescência e detecção de substâncias marcadas radioativamente; b)    Reações Microquímicas: … Continue lendo

Publicado em Controle de Qualidade, Cromatografia em Camada Delgada, Farmacopéia Brasileira, Química Analítica | Deixar um comentário

Cromatografia em Camada Delgada – Fase Móvel e Cuba

Em seguida à escolha da fase estacionária, a decisão sobre o sistema de solventes é o fator com maior influência em uma CCD. Em apenas alguns casos, o sistema será composto de apenas um solvente. Normalmente, uma mistura de até … Continue lendo

Publicado em Controle de Qualidade, Cromatografia em Camada Delgada, Farmacopéia Brasileira, Química Analítica | Deixar um comentário

Fases Estacionárias para Cromatografia em Camada Delgada – Controle de Qualidade de Medicamentos

A tabela a seguir descreve alguns tipos de fase estacionária citados na farmacopéia brasileira, assim como uma descrição dos mesmos (Farmacopéia Brasileira, 1988; WATSON, 1999; DEINSTROP, 2007):   Descrição de algumas fases estacionárias na CCD Fase Estacionária Descrição Aplicações Sílica-gel … Continue lendo

Publicado em Controle de Qualidade, Cromatografia em Camada Delgada, Farmacopéia Brasileira, Química Analítica | Deixar um comentário